“Estando por aqui você vai notar, sentir o poder, a alma da floresta manifestar-se em todo aquele que procura a paz; encorajar a percepção humana, dos animais, aves, peixes, viajar junto com você no cumprimento de tuas missões…”

Este livro é a realização de um sonho de nossos pais que vem sendo acalentado por dois caboclos Amazônidas, ao longo de mais de trinta anos. Com orgulho de ser Brasileiros, cumprimos todo tempo uma missão que nos dá prazer, nos incita a revelar a força do amor, da beleza que fala a todos nós.

Fotografamos o coração do Brasil envolvidos na freqüência de harmonia, equilíbrio, vontade; entre luzes e cores, guiados por sentimentos adormecidos desde a infância, no viver, sentir e estar bem próximo da natureza.

Esta obra desperta em nós, vívida realidade fantástica; acelera, formata, colore, respira o sonho do desenvolvimento consciente, humano, planejado a partir do controle das queimadas, de incêndios e desmatamentos… Resgata da memória, invadem nossos olhos cachoeiras de imagens inéditas e aventuras pelo pátrio santuário de imensurável riqueza e sonora beleza…

Foram momentos felizes, de medos, angústias e incertezas nos avanços e recuos, dos mais de 80.000 km percorridos em “gaiolas”, canoas, navios, lanchas, voadeiras, montarias, aviões, helicópteros, carroças, ônibus, jipes, e a pé, no interior da floresta amazônica.

É uma bênção Divina poder desfrutar da companhia de borboletas, tracajás, catetos; contemplar rios, cachoeiras, peixes, flores, corredeiras. Ouvir a sinfonia dos pássaros cantores, dormir ao pé, à sombra de uma maternal castanheira, rever e sentir a solidariedade e a humanidade no olhar, nos corações de nossos irmãos índios e caboclos.

Absorver a energia do sol, dos rios, das matas. Sentir o cheiro da umidade que sobe da terra, do solo Sagrado da Pátria transitória. De joelhos, agradecemos aos deuses da floresta que sempre foram muito generosos conosco. Jamais saímos de seu interior sem cumprir nossas missões profissionais, somando mais de 100 anos de fotojornalismo.

Tribuna livre de amigos e convidados, este livro não tem compromisso político, partidário, com pessoas ou grupos de qualquer natureza. Temos compromissos sim, com Deus e com o Planeta Terra!

Somos gratos à colaboração de mais de duas centenas de brasileiros que têm o olhar, a alma e o coração voltados para os irmãos amazônidas; para o céu, para cima e para baixo da terra, onde o lúdico e o racional se entrelaçam, externando sonhos, juras de amor, cantos de dor, protesto, fé, esperança, revolta, alegria, beleza, respeito e solidariedade à dura realidade.

Venha.

Vamos juntos viajar, interagir com a Mãe Natureza; descobrir, falar, sentir, ouvir, contemplar a presença de Deus Pai em tudo a tua volta, em você, em nós.

É paz, é amor, é gratidão, é luz que acende e apaga por dentro, nas idas e vindas do cimentaço à floresta.

Obrigado Senhor!

Selva!

José Pinto e Pedro Pinto
SP – entre 08/08/2000 e 10/04/2006